Decantar o vinho é um ato de amor!

Decantar o vinho é um ato de amor!

Decantar o vinho é um ato de amor!

Você já deve ter ouvido esse verbo em vários lugares e, por isso, vou falar aqui de forma simples e objetiva, sobre a importância de decantar um vinho. Caso ele tenha mais de 5 anos, ou venha com a informação de “não filtrado sujeito a depósito” no contra rótulo, é muito importante esse ato.

Quando e porque decantar um vinho?

A decantação serve para eliminar a borra do vinho e também permite a total liberação dos aromas, melhorando o seu paladar. Não há regras absolutas para isso. Mas há dicas que ajudam muito! Vamos entender agora o que você precisa saber sobre quando e por quê decantar um vinho.

Falando de forma técnica, decantar significa passar suavemente um líquido de um recipiente para outro para separar sedimentos sólidos, impedindo que cheguem à taça. Para isso, o decanter é o acessório ideal: uma espécie de jarra para onde o vinho é transferido para separá-lo das chamadas “borras”, que podem surgir no fundo da garrafa. Os sedimentos ou borras são processos naturais e estão presentes em todos os vinhos.

De uma maneira geral, estamos falando de vinhos tintos. Brancos geralmente não se decanta, só em casos muitos específicos, como vinho velho e com passagem por madeira, raro e caro… Ainda assim, por pouco tempo. Apenas para abrir um pouco seus aromas.

Além disso, considere que o decanter tem também o objetivo de oxigenar o vinho no processo de decantação. O próprio recipiente possui um formato – com uma superfície larga em sua base – que propicia um maior contato do vinho com o ar. Dito isto, o corpo do vinho tinto, considerando principalmente teor alcóolico e carga tânica, é o que determina quem vai para o decanter e o tempo que ele deve ficar.

Ao entrar em contato com o oxigênio, os vinhos cheios de corpo, por exemplo, liberam seus aromas mais rapidamente e, indiretamente, têm seus taninos suavizados. Vinhos como Tannat, Barolo, Brunello, Super toscano, Malbec com passagem por madeira são fortes candidatos a passarem por decanter.

Como regra geral, de 30 minutos a duas horas bastam para a maioria dos vinhos.

Outro caso a ser observado, são vinhos simples e jovens. Ao notar a presença de álcool, exacerbado, recomendo decantar o vinho ainda que por poucos minutos, pois ficará mais perfumado, sem a presença de álcool marcante.